Reforma espiritual-Desconstrução da Fortaleza Religiosa



Hoje comemora-se o dia da reforma protestante. Há 492 anos atrás o monge alemão Martinho lutero, chutara contra a autoridade religiosa e imperiosa da igreja do século XVI.
As 95 teses pregadas na porta da igreja do castelo de Witenberg, era uma carta aberta contra toda onda de avareza, paganismo patrocinadas pelas indulgências da Igreja Romana. Hoje é um dia marcante para todo o mundo, visto que por meio dessa ação, desvinculara-se muitos do império tenebroso da ignorância.

Mas será que continuamos a reformar? Vivemos em um período que a des-construção, seria a melhor palavra para ser aplicada no mundo caótico que vivemos. Sim, pois o que se tem construído durante longos anos na igreja, principalmente em terras brasileiras, é uma construção bizarra de um evangelho humanizado.

Construções das mais diversas modalidades de “fé”. Construções das estadunidenses doutrinas em terras tupiniquins. Construções de ídolos-pregadores-poderosos. Construções de “levitas” no andor POP da multidão frenética gospelizada. Construções de catedrolatrias. Construções do reino de cobiça e avareza, mesmo com o tom espiritual.Enfim são muitas das construções.

A melhor batalha para militar é essa. Desfazer toda essa conjectura que ronda por aí a fora. Desconstruir todos os arrimos, palacetes e fortalezas de pan-demônios que socializaram no mundo evangélico. É ter a fé-atitude do rei Asa que “tirou da terra os prostitutos-cultuais e removeu todos os ídolos que seus pais fizeram”(I Rs 15.12), e ainda defendermos a verdadeira fé evangélica, aquela mesma da qual Paulo nos exorta a nos vestir da armadura espiritual. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas;Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo” II Cor 10.4,5

Com Fé,

Mário Celso

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: