A Fé Sem fé


Ao lermos a Carta aos Hebreus no capítulo 11, conhecido como o capítulo dos hérois da fé, percebemos uma série de coisas contrárias ao ensinamento da fé pregada pelos avivalistas da era pós-moderna.

Fazendo uma leitura profunda e relevante ao texto, aos que tem bom senso, notará que a Fé-convicção é uma fé que segue ainda que não sabendo a definição da sua jornada…Ela apenas segue!
Os antigos alcançaram um bom testemunho, por conta dessa fé-certeza fluindo em mentes e visões que não apalpa o visível, e nem tampouco desespera-se, mas espera o invisível.
O testemunho de homens que vincularam as suas vidas com Deus, dinamizaram a fé no que é Etéreo e não no solo de suas vidas. Veja algumas dessas características:
Pela fé…
Abel ofereceu excelente sacrifício(visão celeste), Enoque foi trasladado( agradabilidade do que é eterno), Noé avisado (Celeste advertência), Abraão chamado ( a ordem do céu, embora que na terra estabeleça o reino celeste).
Fazendo uma parada em Abraão, notamos a essencialidade dessa fé que acresce no Eterno. Essa mesma fé, fez de Abraão um peregrino, conquanto está na terra prometida, porém a sua visão não pairava simplesmente em extensões quilométricas de terras. A sua inteira confiança é na abrangência daquilo que o SENHOR designava no céu. ” porque aguardava a cidade que tem fundamentos, da qual Deus é o arquiteto e edificador”.

O que vejo hoje, são apenas migalhas dessa GRANDE FÉ…Enquanto que alguns exercem a “grande fé” no sentido de tomar posse de tudo aquilo que se constitui nessa vida (bios) em detrimento da Vida Eterna (Zoen).
O que vemos, são agarras do conforto terrenal na alma, que esquece da grandeza dos céus…A fé para muitos evangélicos é VITÓRIA, VITÓRIA, e todo aspecto triunfalista de determinação do imediatismo vigente.
Fé para pensar no céu e de tudo aquilo que concerne, está em desuso na cabeça de alguns cristãos…O pensamento pragmático terreno é tão forte que declaram “quem tem promessa de Deus não morre”, porém a Palavra diz ” Todos estes morreram na fé, sem ter obtido as promessas; vendo-as, porém, de longe, e saudando-as, e confessando que eram estrangeiros e peregrinos sobre a terra”.

Espero que esse pequeno texto, seja um aferidor de fé, aos que a declaram veemente!
Ora, eu quero me alinhar com essa mesma disposição de fé dos antigos, pois “…agora, aspiram a uma pátria superior, isto é, celestial. Por isso, Deus não se envergonha deles, de ser chamado o seu Deus, porquanto lhes preparou uma cidade…”

Olhando para a Cidade-Celeste,
Mário Celso

2 respostas para “A Fé Sem fé

  • MINISTÉRIO BATISTA BERÉIA

    Graça e paz Mário. Parabéns pelo texto, ele expressa exatamente o que temos visto hoje por aí na maioria das igrejas: fé na fé e não fé em Deus. Que o Senhor nos ajude no combate desse tipo de fé e que possamos ter uma fé madura firmada na Palavra e não em fantasias de homens. Fique na Paz!Pr Silas

  • Pri de Luz

    POis é, irmão, eu também creio nisso. Como folha que o vento carrega, quem anda em fé, vai aonde Deus quiser, mesmo que não saiba qual é o destino!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: